quarta-feira, 18 de novembro de 2009

La vida loca de Gaultier



Um dos filmes que merecem atenção dos fashionista é "La Vida Loca", de Christian Poveda. Um documentário sobre as Maras, facções criminosas violentíssimas que atuam em El Salvador.

Alcino Leite Neto, exlica porque:

"Poveda pagou com a própria vida a realização deste filme difícil. Foi assassinado em El Salvador em setembro deste ano, depois que o documentário já estava pronto.

O diretor adentrou _até onde pode_ nos bastidores das Maras, registrando com crueza as articulações e motivações dos membros das organizações criminosas, sua vida cotidiana e até familiar, além do esforço de reabilitação de alguns dos bandidos. É um trabalho de cunho jornalístico, uma reportagem sobre o submundo do crime em El Salvador.

Sucesso de público e crítica na França, "La Vida Loca" inspirou a nova (e forte) coleção de Jean Paul Gaultier, mostrada em outubro em Paris.

Gaultier, cuja criação flerta frequentemente com o underground, foi atraído pelos ritos e a plástica das tatuagens dos Maras, pelos aspectos físicos dos "personagens", pelo jeito abusado como as mulheres se vestem, pela maneira como ali se misturam o feio e o bonito, o horror e o familiar, o perigo e o cotidiano.

O principal risco de uma coleção assim é glamourizar a vida infernal descrita no filme, marcada pela miséria, pela crueldade e pela morte. Gaultier resolveu assumir o risco. Talvez porque, afinal, seja uma faculdade e até uma função da moda transformar a tristeza deste mundo em beleza nas passarelas".

7 comentários:

Carol D. disse...

Olha que legal, não tinha lido nada sobre isso.

Bjosss

Modelos Cortinas disse...

Que style...

bia ferrer disse...

fiquei curiosa..onde posso ver o filme? veio pra algum festival ou ainda nada???
bjs

AMIT disse...

Sweet style.

Fantasy Lingerie

Anônimo disse...

Olá, como vão?

Muito bom este blog, parabéns.

Alex

Anônimo disse...

Olá, como vão?

Muito bom este blog, parabéns.

Tata

Lugh disse...

Christian Poveda, “la Vida Loca” director, killed in El Salvador:

http://www.mexicoreporter.com/2009/09/02/christian-poveda-la-vida-loca-director-killed-in-el-salvador/

Reuters reports:

Suspected Salvadorean gang members killed French filmmaker Christian Poveda, whose 2008 film “La Vida Loca” crudely depicts the hopeless lives of members of the infamous Mara 18 street gang, local police said on Wednesday.

Poveda, 53, was shot on a road 10 miles north of the capital of San Salvador, as he drove back from filming in La Campanera, a poor, overcrowded suburb and a Mara 18 stronghold.

President Mauricio Funes said in a statement on Wednesday night that he was “shocked” by Poveda’s murder and ordered a thorough investigation.

“La Vida Loca” (The Crazy Life) closely followed the lives of several heavily tattooed gang members, some of whom were jailed or killed during the shooting of the film.